quarta-feira, 28 de março de 2018

Deputado Fernando Furtado usa tribuna da Assembleia Legislativa do Maranhão e cobra solução para impasse referente aos limites territoriais dos municípios de Pio XII e Satubinha



O deputado Fernando Furtado (PCdoB) cobrou, na sessão plenária desta quarta-feira (28), uma solução para o impasse em relação à definição dos limites territoriais dos municípios de Pio XII e Satubinha, na região do Médio Mearim. O parlamentar frisou que pelo menos 15 povoados estão sofrendo por conta dessa situação.

Durante o seu pronunciamento, Furtado lembrou que, recentemente, houve uma manifestação na BR-316, na qual a população de diversos povoados situados entre esses dois municípios protestava contra a Companhia Energética do Maranhão (Cemar), que cortou o fornecimento de energia na região. “Os postos de saúde, por exemplo, ficaram sem funcionar, por quê? Porque não tinham energia, a Cemar chegou e cortou. Aí fica o dilema: quem é o responsável pelas contas dos prédios públicos, daqueles povoados que estão ali naquela situação onde ninguém sabe a quem recorrer?”, questionou.

O parlamentar também ressaltou que a população aguarda a avaliação do Instituto Maranhense de Estudos Socioeconômicos e Cartográficos (IMESC) para definir realmente a qual município pertence cada povoado.

Ele completou dizendo que irá protocolar um requerimento, a ser encaminhado ao presidente do IMESC e a outros órgãos, para que possam fornecer informações sobre o andamento desses limites territoriais. “É importante que esta Casa se empenhe mais nessa situação, nessa questão dos limites territoriais de diversos povoados. A gente fica preocupado porque vamos criar novos municípios, mas temos que ter essa delimitação territorial feita para não acontecer o que está acontecendo. Portanto, fica aqui o nosso registro e espero que o IMESC nos dê uma resposta e vamos continuar acompanhando esse problema na região entre Pio XII e Satubinha”, finalizou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário