sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017

Parceria entre Secretarias de Saúde e Educação de São Luís Gonzaga levam atendimentos de saúde a centenas de alunos do Município.

Uma parceria entre as Secretarias de Saúde e Educação de São Luís Gonzaga, através dos Programas, Saúde na Escola e Brasil Sorridente, atenderam centenas de alunos da Escola Família Agrícola do Município.  A iniciativa visa orientar os estudantes sobre a importância da saúde bucal e os cuidados necessários de higiene, além de garantir a prevenção e o tratamento adequado, assim evitando tratamentos curativos e corretivos futuros.
No evento foram desenvolvidas diversas atividades educativas e preventivas, a equipe da saúde bucal realizou palestras, exames e posteriormente escovação dental supervisionada e aplicação tópica de flúor, dentre outras ações.
Os levantamentos epidemiológicos são necessários tanto para o conhecimento da prevalência das doenças bucais como para estimar necessidades de tratamento. A partir dos dados coletados a equipe irá planejar, executar e avaliar ações de saúde bucal no município.
A equipe da Saúde na Escola, realizou palestras e aplicou vacina contra o HPV nas meninas, os profissionais da saúde explicaram a importância da vacina, a eficácia e proteção.
Segundo dados, O HPV é o responsável por 99% dos casos de câncer do colo do útero. Todo ano no Brasil, mais de 16 mil ocorrências são notificadas, sendo esse o terceiro câncer que mais atinge as mulheres. Por isso, a relevância de se prevenir por meio da vacina, que protege contra os tipos mais cancerígenos do vírus. Para ser imunizada de fato é importante que a jovem receba as duas doses, com um intervalo mínimo de seis meses e máximo de 15 meses entre cada uma.
Com o retorno das aulas na rede municipal de ensino, a campanha irá se estender as demais escolas, a meta é alcançar 100% dos alunos das escolas municipais de São Luís Gonzaga. 





Um comentário:

  1. Parabéns pela iniciativa, o nosso povo Gonzagunse, merecem iniciativa iguais a esta que nos faz refletir e se sentir gente, nesta sociedade capitalista e excludente.

    ResponderExcluir