terça-feira, 29 de maio de 2018

Sebrae promove Encontro de Negócios do Comércio Brasil no Vale do Pindaré


Evento reuniu empresas atendidas pelo Comércio Brasil na regional de Santa Inês. Cerca de 150 pessoas estiveram presentes e 16 empresas expuseram seus produtos.


Santa Inês - O Sebrae Maranhão, por meio da Unidade Regional de Santa Inês, promoveu na última quarta-feira (23),  no auditório da Associação Comercial do município, o I Encontro de Negócios do Comércio Brasil – Vale do Pindaré, que proporcionou a empresários da região a oportunidade apresentarem seus negócios, servindo como um facilitador no processo de aproximação entre as micro e pequenas empresas locais, e também um momento para transmissão de conhecimento por meio de palestras e oficinas, além de espaço para exposição de produtos regionais. O Encontro reuniu cerca de 150 participantes e 16 empresas como expositoras.

O empreendedorismo foi tema de duas palestras, uma conduzida pelo coordenador estadual do Comércio Brasil e coordenador de soluções empresariais do Sebrae no Maranhão, Mauro Borralho e outra proferida pela consultora credenciada ao Sebrae, Eulália Oliveira. Os convidados participaram ainda da oficina Empreendendo com Mídias Digitais, que abordou a melhor forma de empreender acompanhando a modernidade do universo digital.

Um espaço foi reservado para empresários de municípios do Vale do Pindaré exporem seus negócios, muitos com a especialidade em produtos regionais, como farinha de mandioca, artigos de selaria, doces, biscoitos, picles e fardamentos hospitalares entre outros, dando uma ideia da força da economia local que tem como base o comércio varejista. Ao todo 26 empresas da regional de Santa Inês já são atendidas pelo Sebrae por meio do Programa Comércio Brasil.

Para a empreendedora, Solange Sousa Tonassi, dona de uma malharia em Santa Luzia, o encontro foi uma vitrine. “É uma oportunidade de dar visibilidade ao produto que fabricamos chegar a outros mercados e conhecer parceiros que podem ser nossos fornecedores”, relatou.

Na ocasião, o coordenador estadual do Comércio Brasi, Mauro Borralho, falou sobre o objetivo do programa e como o Sebrae tem contribuído para fomentar os pequenos negócios e oportunizar novos mercados para as micro e pequenas empresas. “O encontro é uma forma de oportunizar negócios, expor marcas e lançar novas empresas no mercado, queremos com isso também aproximar consumidores de fornecedores”, pontuou Borralho.


O secretário de Agricultura e Abastecimento de Santa Inês, Raimundo Pereira, acompanhou um grupo de empreendedores rurais do povoado Campo Novo, zona rural do município, que expôs farinha e outros derivados da mandioca e gostou da iniciativa do Sebrae. “Muito bom esse espaço, motiva os nossos produtores rurais a se capacitarem para empreender, fazendo um produto de qualidade e chegando a outras praças para conquistar clientes”, afirmou o secretário.

Para o diretor superintendente do Sebrae no Maranhão, João Martins, o Comércio Brasil abre oportunidades de interação entre micro e pequenos negócios e outros mercados. “A palavra chave do Comércio Brasil é relacionamento. Por isso, promovemos encontros entre os participantes do programa, tanto da indústria como do comércio, o que vai acabar dinamizando os negócios dentro das cadeias de valor que atendemos”, concluiu Martins.

Nenhum comentário:

Postar um comentário