segunda-feira, 16 de abril de 2018

Sinproesemma avança na campanha salarial dos educadores de Bela Vista do Maranhão


Após a conquista de itens importantes da campanha salarial dos educadores da rede municipal de Bela Vista do Maranhão, com 36 promoções, 20 progressões e o reajuste salarial de 6,81%, o Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Maranhão (Sinproesemma) garante mais avanços, mediante diálogo com o prefeito da cidade, Orias Mendes. Outros pontos da pauta foram tratados com o gestor, como plano de carreira, 1\3 de férias incidindo sobre 45 dias, precatórios do Fundef e os retroativos gerados com as mudanças de classe.

A prefeitura deu respostas ao sindicato sobre a pauta, se comprometendo em avaliar os impactos financeiros e dar retorno sobre os pagamentos dos retroativos referentes às mudanças na carreira, anos de 2015 e 2016, e do terço das férias, quanto aos 15 dias pendentes, ficando garantido, para os próximos anos, o pagamento do 1/3 de férias incidindo sobre os 45 dias. As pendências serão pagas em parcelas em maio, junho e julho. Quanto aos recursos dos precatórios do Fundef, o gestor garantiu que serão utilizados conforme os critérios legais, com rateio dos 60% para os professores efetivos, conforme o tempo de serviço de cada servidor. Já para o plano de carreira, será formada uma comissão composta pela prefeitura, sindicato e Câmara de Vereadores, que ficará responsável pela reformulação do plano.

“Foi uma reunião positiva, pois, além de reafirmar pontos já garantidos na campanha salarial de 2018, asseguramos o compromisso e a garantia do gestor municipal com relação aos demais itens da pauta.” Destacou o coordenador do núcleo, Ivanildo Galvão de Sousa.


Presente na reunião com o prefeito, o presidente do Sinproesemma, Raimundo Oliveira, também fez uma avaliação positiva do diálogo com o gestor. “Conseguimos avançar na pauta, que se arrastava por mais de dois anos, com o reajuste e as progressões, que já foram concedidos. Vamos avançar na questão do plano de carreira, que tem um item importante que é a inclusão dos funcionários de escolas. Estamos construindo um caminho de entendimento com a prefeitura para que no final todos sejam beneficiados, tanto a prefeitura, pelas ações de valorização dos profissionais de educação, como o sindicato, que, no seu papel de luta por direitos, irá fazer valer os direitos dos profissionais de educação de Bela Vista.” Disse o presidente do Sinproesemma, Raimundo Oliveira.


Outros itens cobrados foram a formação continuada com carga horária mínima de 40 horas, equiparação salarial dos funcionários, laboratórios de informática, adicional de risco de vida para vigias e motoristas, adicional de 1% por tempo de serviço para vigias, agentes administrativos, motoristas, digitadores e nutricionistas e liberação de servidores com mandato classista.

A prefeitura deu resposta para todos dos itens, assegurando que a formação continuada acontecerá ainda neste semestre; que a equiparação salarial dos funcionários deverá ser prevista no plano de carreira; que fará avaliação da situação dos computadores para ativar os laboratórios; que fará neste mês de abril o pagamento do adicional de tempo de serviço; que estão liberados os servidores Gleiziane Artiman e Valdivan para exercerem suas atividades sindicais e que irá avaliar o impacto financeiro do adicional de 50% de risco de vida para os vigias e aos motoristas e dará retorno sobre a data de pagamento ao sindicato.

Representando o Sinproesemma, também participaram da reunião o vice-coordenador Valdivan Martins Pessoa, a secretária de Finanças, Gleiziane Ferreira Artiman e membros da coordenação regional de Santa Inês, Antônia Pinheiro, Antonilde e Michael Alves. Também houve participação de assessores da Secretaria Municipal de Educação, representante da Procuradoria do Município e de vereadores de Bela Vista. 



Com informações sinproesemma.org.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário