terça-feira, 29 de agosto de 2017

Plano Safra é lançado e prevê investimento de mais de R$ 400 mil na agricultura familiar

O Governo do Estado por meio do Sistema de Agricultura Familiar – SAF em parceria com o Governo Federal, através da Secretaria Especial de Agricultura e Desenvolvimento Agrário - SEAD/PR, a Delegacia Federal do Desenvolvimento Agrário do Maranhão - DFDA/MA e Federação dos Municípios Maranhenses – FAMEM lançou nesta terça-feira (29), o Plano Safra da Agricultura Familiar 2017 – 2020.

O Plano Safra é promovido pelo Governo Federal e influencia diretamente na agricultura familiar já que é nele que se encontram as oportunidades para que este seguimento amplie a produção de alimentos saudáveis e práticas sustentáveis por meio de crédito mais barato. Também é através do Plano que os jovens da zona rural têm mais oportunidades contribuindo ainda significativamente no combate à pobreza rural.

A ampliação dos limites de créditos; mais apoio a cooperativas; estímulo à produção de alimentos mais baratos; mais proteção para quem produz (Seguro da Agricultura Familiar, Garantia Safra) são algumas das diretrizes do Plano.


De acordo com o secretário de Estado da Agricultura Familiar, Adelmo Soares, o Governo Federal, como todos os anos lança o Plano Safra, e a SAF, por sua vez, lança também aqui no Maranhão. “O Plano Safra contempla os agricultores familiares do Brasil, os quais são destinados 30 bilhões de reais, destes, em média R$ 436 milhões são destinados para o Maranhão para investimentos da agricultura familiar. O Plano se torna importante para o Governo do Estado porque facilita ainda mais o acesso do agricultor ao crédito, e nós que estamos aqui no Sistema SAF, operando a assistência técnica, a regularização fundiária e agora com acesso ao crédito melhorado, temos certeza que poderemos ajudar ainda mais o desenvolvimento do Maranhão a partir da agricultura familiar”, explicou.
Para o delegado federal do desenvolvimento agrário do Maranhão /SEAD, Wendel Lucena, “o plano da agricultura familiar, representa o compromisso com a produção de alimentos, reafirma a importância da agricultura familiar, como setor estratégico para desenvolvimento sustentável do País e em especial para o Maranhão, que ao criar Secretaria de Estado da Agricultura Familiar coloca a agricultura familiar na agenda do Governo dando sustentabilidade à economia do Estado”.

No Maranhão, os órgãos envolvidos no Plano estão em processo de organização para atender cerca de 84 mil famílias de agricultores familiares por meio do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf). Atualmente o Pronaf proporciona uma taxa de juros de 2,5% para o agricultor familiar e já investiu no Maranhão mais de R$ 400 mil.

PRONAF

Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) financia projetos individuais ou coletivos, que gerem renda aos agricultores familiares e assentados da reforma agrária. O programa possui as mais baixas taxas de juros dos financiamentos rurais, além das menores taxas de inadimplência entre os sistemas de crédito do País. 



Ascom-SAF


Quer receber noticias no seu WhatsApp? Mande uma mensagem com seu nome  para (98) 99101-5731 e se cadastre.

Nenhum comentário:

Postar um comentário